Postagens

Clique e confira!

BELAS IMAGENS

Imagem

ADORO ESSA CANÇÃO!

Imagem

DICA DE PORTUGUÊS

Os sufixos -douro e -tório, quando formam uma nova palavra (substantivo), esta terá sentido de lugar. beber + douro = lugar onde se bebe Labora + tório = Lugar onde se trabalha Agora, avalie as palavras e estimule a sua curiosidade sobre a formação de palavras que fazem parte do nosso cotidiano. Mictório, auditório, nascedouro, morredouro, provatório, puxadouro, conservatório...

BELÍSSIMO POEMA DE ARILO CAVALCANTI JR

Imagem
O NAVEGANTE Vejo no brilho do teu olhar
Todas as maravilhas do mundo
Que instantaneamente me faz recordar
Um sonho inesquecível e profundo Chego a mergulhar nas abissais profundezas
Navego por mares perdidos
Por ilhas cheias de sutilezas
E ancoro feliz em teus desejos contidos Desbravo florestas densas no teu coração
Tomo banho nas mais belas cachoeiras
Mergulho no rio turvo da paixão
Nas delícias saborosamente verdadeiras Sinto o vento soprar e bater forte
No escudo desprotegido do meu peito
Mensageiro da amorosa sorte
Que infalivelmente me atingiu de jeito Um navegante de amores vividos
Náufrago das paixões intermináveis
Sobrevivente de romances sofridos
Procurando sempre carícias amáveis Arilo Cavalcanti Jr.

O VOTO E O FIM DE UMA AMIZADE

Imagem
Carlos Delano Rebouças
Hoje, reparando no meu Facebook, percebi que vários de tantos amigos desta rede social não mais compõem a minha pequena lista, como também, tantos outros não estão sendo vistos com suas postagens, comentários e curtidas. Por que será? Por que essa percepção se dá tão acintosamente nos últimos tempos? Não tenho dúvidas que se trata de reflexo dos diversos desdobramentos políticos nos últimos anos, e que significam, de fato, uma consequência direta e real de uma falta de compreensão sobre o verdadeiro significado da palavra democracia. Sei que muitos se demonstraram irredutíveis na aceitação do ponto de vista de tantos, colocados nas redes sociais. Vi ataques, ofensas e exageros. Incluo-me perfeitamente nesse grupo. Como me excedi, amigos! Porém, sempre privando pelo cuidado quanto a uma ofensa direta, pessoal, que poderia ir de encontro com a moral e o respeito. Mesmo assim, confesso que me excedi e ficam aqui as minhas sinceras desculpas. Entretanto, em nenhum mome…

A ORIGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA

Imagem

EXPRESSÃO DE CEARENSE

Imagem
De repente falamos e arrancamos risadas de quem não é de nosso estado. Assim é a maneira diferente do cearense se expressar.


SEBO NAS CANELAS

Sair rapidamente de um lugar, correr fugindo de alguma coisa. “O moleque fez uma travessura e botou sebo nas canelas”.

DICA RELEVANTE DE PORTUGUÊS

O diminutivo de VOZ é VOZINHA. "Ela tem uma vozinha chata!" Não confunda com a forma errada, porém, muito usa no dia a dia, de flexionar no diminutivo AVÓ. Dessa forma, permitiria a ambiguidade. "Sua vózinha está bem?" Obs. Se escrever "vozinha" já é errado, imagine pôr o sinal agudo no "ó". O sinal só é exigido em "avó". O correto é: "Sua avozinha está bem?"

Quintino Cunha, poeta de verdade

Imagem
Oscar Araripe
Há 130 anos nascia na hoje Itapagé, Ceará, José Quintino Cunha, o mais lendário de nossos humoristas literários, o maior de nossos poetas cults. Excêntrico sem ser snob, feio mas cativante, eternamente esquecido, sempre resgatado, Quintino Cunha figura ao lado dos grandes mestres do improviso literário ferino, como Bernard Shaw, Quevedo e Swift, sendo considerado pelo crítico Agripino Grieco “ o maior humorista brasileiro de todos os tempos”. Homem do povo, orador nato, “virgem de funções públicas”, como se considerava, culto e boêmio, sertanejo e globetrotter, Quintino representa com perfeição o melhor da inteligência cearense. Personagem da Fortaleza risonha e moleque da Praça do Ferreira dos anos 20 e 30, dos lendários cafés Art Nouveau, Riche, Glória e do Comércio, foi jornalista idealista, germanófilo anti-Hitler, esquerdista não-soviético, utópico brilhante e sobretudo livre pensador, amante dos livros e das coisas simples do Ceará.Contemporâneo de Leonardo Mota, G…

Curiosidades

Imagem
O vaga-lume é um inseto coleóptero que possui emissões luminosas devido aos órgãos fosforescentes localizados na parte inferior do abdômen. Essas emissões luminosas são chamadas de bioluminescência e acontecem em razão das reações químicas onde a luciferina é oxidada pelo oxigênio nuclear produzindo oxiluciferina que perde energia fazendo com que o inseto emita luz. Outro fator que impulsiona emissões luminosas é o de chamar atenção de seu parceiro ou parceira. O macho emite sua luz avisando que está se aproximando enquanto a fêmea pousada em determinado local, emite sua luz para avisar onde está. Na reação química, cerca de 95% aproximadamente da energia produzida transforma-se em luz e somente 5% aproximadamente se transforma em calor. O tecido que emite a luz é ligado na traqueia e no cérebro, dando ao inseto total controle sobre sua luz. Infelizmente, os vaga-lumes estão ameaçados pela forte iluminação das cidades, pois quando entram em contato com essa forte iluminação, sua biolumin…